sábado, 3 de julho de 2010

Ensina-me a viver...


Amigo...
Sua mãe, assim como você, faz parte da história da minha vida.
Uma mulher que me ensinou o que eu tenho de melhor:
Respeito ao próximo, independentemente, de raça, credo, etnia ou posição social.
Tenha certeza de que é uma grande perda para todos nós.
Sei que, onde ela está, é um lugar de paz, e descanço.
Sei, também, que ela está ao lado do nosso bom e eterno Deus.
Amigo, não sei ao certo o que dizer, neste momento.
Mas, quero que saiba, que nesse exato momento em que escrevo esta postagem, meus olhos estão marejados...
Pois, assim como você, eu também perdi uma parte de mim.
Posso compreender perfeitamente a sua dor...
Sua mãe teve uma passagem abençoada nessa terra.
Tenha certeza que, muitos de nós, tivemos lindas histórias ao lado dela...
No meu caso, lembro-me desde as aulas de português, ( perdoe-me a franqueza. Mas, algumas, confesso-te que, matei ) dos bolos deliciosos que ela levava para a escola e vendia para nós, até os salsichões que ela deixava para você preparar quando chegasse da escola, eu comia junto contigo, e depois íamos para o seu Díba jogar flipperama. ( lógico, que, eu sempre vencia os nossos combates, né... ).
Nesse momento, até mesmo o seu silêncio, seria compreensível para mim.
A palavra de nosso bom e eterno Deus, diz que, temos que nos alegrar com os nossos irmão, nos momentos de felicidade.
E chorar, nos momentos de dor.
Portanto:
Choro contigo, a perda da sua mãezinha.

Choro contigo, a perda de uma amiga. 
Graças aos esforços dela, hoje, faço tão bem o que estou fazendo nesse exato momento: escrever.
Amigo, sempre que precisar, estarei por aqui.
Seja forte, assim como eu sei muito bem que você é.
Até porquê, sei muito bem também, quem foi que te ensinou a ser forte assim:

Minha eterna amiga e professora de português, que um dia eu tive enorme prazer em conhecer e mais ainda: ser seu aluno: Tânia Motta.

Por: Márcio Bender

Na imagem: minha eterna amiga e professora de Língua Portuguesa: Tânia Motta.


Créditos da imagem: Alan Motta.





2 comentários:

  1. Cara, vc é demais mesmo. Não se preocupe quanto a usar a foto dela, tenho consciência que uma mulher espetacular como ela não é propriedade minha, ela é nossa, e para sempre. Um grande abraço, e obrigado pelas maravilhosas recordações. Deus te abençoe!

    Alan Motta.

    ResponderExcluir
  2. Sua mãe é uma rainha.
    Rainhas não perdem a majestade.

    ResponderExcluir

Você é o meu Sol (letra de música)

Sempre que você sorri Eu fico muito mais feliz E o meu dia passa A ter mais graça. Eu ia aonde o vento me levasse Igual a uma fol...